Simulação Imposto de Renda 2020: Cálculo Alíquotas, Descontos e Deduções

O IRPF é um dos impostos mais importantes! Para o cidadão precavido fazer a simulação Imposto de Renda 2020 é crucial. O mesmo é feito para que o cidadão entenda o valor que terá que ser quitado, para que não haja erros ou problemas futuros. Continue lendo o artigo e fique sabendo como fazer a simulação do Imposto de Renda 2020.

Simulação Imposto de Renda 2020

Simulação Imposto de Renda 2020

O que é o Imposto de Renda?

O Imposto de Renda 2020 é uma taxa cobrada pelo Governo, para todas as pessoas que tenham tido um ganho acima de um determinado valor mínimo cobrado pela Receita Federal.

É obrigação do contribuinte, enviar as informações referentes a seus gastos para a receita, essas informações são enviadas através da declaração de ajuste anual.

O IRPF é cobrado para pessoas físicas e seu cálculo é baseado na renda dos seus contribuintes, a alíquota varia de acordo com a proporção da renda tributável.

Se perguntado para que serve a simulação do IRPF? É muito importante que o contribuinte saiba como fazer a simulação Imposto de Renda 2020, assim o mesmo poderá saber o valor que lhes será cobrado, preparando o bolso pra quitar o valor cobrado.


Simulação Imposto de Renda 2020

É disponibilizado pela Receita Federal um simulador do Imposto de Renda! Essa ferramenta é importantíssima, a mesma permite que o contribuinte faça a simulação Imposto de Renda 2020. Fazendo o mesmo descobrir qual alíquota efetiva o mesmo terá que contribuir.

Ainda não está disponível o processo de simulação IRPF 2020, porém você pode entender como funciona observando o passo a passo do ano anterior:

  • Acesse a página do Imposto de Renda, clique aqui;
  • Em seguida, escolha a opção de cálculo, você terá duas opções (Alíquota Mensal ou Alíquota Anual);
  • Feito a escolha, tenha em mãos os rendimentos tributáveis, ou seja, o valor do salário;
  • Tenha em mãos os dados de dedução com a Previdência Social;
  • Tenha em mãos os dados da quantidade de dependentes;
  • Tenha em mãos os dados de gastos com pensão alimentícia;
  • Tenha em mãos os dados de gastos com outras deduções;
  • Em seguida, informe os dados de despesas com instruções (Educação), durante o ano base;
  • Em seguida, informe os dados de despesas médicas, durante o ano base;
  • Em seguida, informe os dados de gastos com pensão alimentícia, durante o ano base, se aplicável;
  • Em seguida, informe os dados de dedução de incentivo, caso seja aplicável;
  • Em seguida, informe os dados de dedução do Pronas/PCD;
  • Em seguida, informe os dados de dedução PRONON;
  • Em seguida, informe os dados de contribuição patronal do INSS, para empregado doméstico.Imposto de Renda

Após preencher todas as informações, o contribuinte verá os dados do seu Imposto de Renda.


Alíquotas Imposto de Renda 2020

É interessante que o cidadão entenda como funciona o cálculo da alíquota, ainda não está disponível como funcionará esse cálculo em 2020.

Você poderá aprender como funcionam as alíquotas do Imposto de Renda 2020, baseado nos dados do ano anterior:

  • Pessoas que possui renda anual de R$22.847,76, não precisam declarar imposto de renda;
  • Pessoas que possui renda anual de R$22.847,76 até R$33.919,80, a alíquota de dedução será de 7,5%;
  • Pessoas que possui renda anual de R$33.919,80 até R$45.012,60, a alíquota será de 15%;
  • Pessoas que possui renda anual de R$45.012,60 até R$55.976,15, a alíquota será de 22,5%;
  • Pessoas que possui renda anual acima de R$55.976,15, a alíquota será de 27,5%.

Estarão isentos do Imposto de Renda, pessoas portadoras das seguintes doenças:

  • Espondiloartrose anquilosante;
  • Doença de Parkison;
  • Contaminação por radiação;
  • Cardiopatia grave;
  • Doença de Paget avançada;
  • Cegueira;
  • Neoplasia maligna;
  • AIDS;
  • Hepatopatia grave;
  • Alienação mental;
  • Esclerose múltipla;
  • Fibrose cística;
  • Tuberculose ativa;
  • Paralisia irreversível e incapacitante;
  • Hanseníase.

Após a simulação IRPF 2020, o cidadão precisa estar bem informado do cálculo de alíquotas do IRPF.


Descontos Imposto de Renda 2020

É interessante que o cidadão entenda que o valor cobrado através da alíquota do IRPF, é descontado no seu salário. Entenda melhor como funciona, veja o exemplo a seguir:

Se Maria tem o salário mensal de R$2.000,00, de acordo com a tabela ela terá que contribuir com 9%, ou seja, a mesma terá que contribuir com R$180,00 mensalmente.

✓ Confira também como baixar o programa IRPF 2020

Maria verá que todo mês é descontado R$180,00 no seu contracheque. Essa é a ideia de como funciona o desconto do Imposto de Renda 2020.

De acordo com a tabela do ano anterior fizemos esse exemplo, caso novas informações apareçam atualizaremos.


Dedução Imposto de Renda 2020

É através da declaração que o Governo irá decidir o que irá estornar para o contribuinte. É interessante que o cidadão entenda a importância de ter consigo os comprovantes dos seus gastos, pois eles serão a prova de que o mesmo informou a verdade em sua declaração. Para que haja a restituição do Imposto de Renda 2020, é preciso estar com os comprovantes em mãos.

Saiba quais despesas sofrem dedução Imposto de Renda 2020:

  • Despesas com imóvel;
  • Despesas com saúde no exterior;
  • Despesas com exames e consultas;
  • Despesas com pensão;
  • Despesas com plano de saúde;
  • Despesas em imóveis alugados;
  • Despesas  com a imobiliária;
  • Despesas com escola;
  • Despesas com psicólogo;
  • Despesas com implante dentário;
  • Despesas com plano de previdência;
  • Despesas com dentista;
  • Despesas com próteses;
  • Despesas com cirurgia plástica em casos de problemas de saúde;
  • Despesas com universidade;
  • Despesas com doações a entidades beneficentes;
  • Despesas com fisioterapia;
  • Despesas com cadeira de rodas.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Simulação Imposto de Renda 2020: Cálculo Alíquotas, Descontos e Deduções

Leave a Reply