DIRF 2020: O que é? Quem Deve Entregar, Prazos e Programa

Em nosso país, temos que estar sempre atentos as nossas obrigações. A DIRF 2020 é uma delas e é obrigatória para todas as pessoas jurídicas. Precisando ser paga de forma anual, é preciso sempre está acompanhando essa declaração. Por ser bastante importante, além de ser necessário entender como funciona, é preciso saber também como declarar a DIRF 2020.

DIRF 2020

DIRF 2020

Então, continue lendo esse texto e entenda para que serve essa prestação de contas. A DIRF 2020 é obrigatória e você não pode ficar de fora o assunto

O que é DIRF?

Mais conhecida como DIRF, a Declaração do Imposto de Renda Retido na Fonte é um tributo obrigatório para todas as pessoas jurídicas. Seu principal objeto é repassar informações para a Receita Federal.

É sempre através dessas declarações, que e possível identificar possíveis fraudes nos impostos que devem ser pagos. Sendo assim, qualquer empresa que realize a contratação de empregados durante o ano, deve informar todos os seus rendimentos, gastos e o imposto de renda retido na fonte do ano que passou.

✓ Confira as novidades da tabela Imposto de Renda 2020!

Depois que algumas mudanças foram feitas, passou a ser exigido também, são os detalhes dos planos de saúde e respectivos usos.


Quem deve apresentar a DIRF 2020

Mesmo sendo um assunto que abrange muitas informações sobre ele, ainda existem muitas pessoas que não sabem quem deve apresentar a DIRF 2020. Confira abaixo quem são:

  • Pessoas físicas e as seguintes pessoas jurídicas, que pagaram ou creditaram algum rendimentos relacionados ao Imposto sobre a Renda Retido na Fonte (IRRF);
  • estabelecimentos matrizes de pessoas jurídicas;
  • empresas individuais;
  • caixas, associações e organizações sindicais de empregados e empregadores;
  • titulares de serviços notariais e de registro;
  • condomínios e edifícios;
  • instituições administradoras ou intermediadoras de fundos ou clubes de investimentos;
  • órgãos gestores de mão de obra do trabalho portuário;
  • os candidatos a cargos eletivos, inclusive vices e suplentes.

Confira mais detalhes sobre essas obrigatoriedades clicando aqui!


Para que serve a DIRF 2020?

Essa declaração feita pela própria fonte pagadora, é para mostrar que não existem irregularidades ou pendências. Por isso a Receita Federal exige essas declarações por lei. Assim, conforme as informações prestadas, é comprovado que não existe nenhuma irregularidade ou sonegação de impostos.

✓ Veja também o que há de novos nos impostos:

Então, é exigido a apresentação das seguintes informações:

  • Quais foram os rendimentos pagos a pessoas físicas que estão no país;
  • Valor do imposto de renda referente àquele ano e contribuições retidos na fonte, dos rendimentos pagos ou creditados para todos os seus funcionários;
  • Os pagamento, crédito, entrega, emprego ou remessa para os que estão no país ou no exterior;
  • Os pagamentos dos planos de saúde conforme cada empregado e dependentes.

Prazo de entrega da DIRF 2020

Todos os anos, novas normas são divulgadas sobre essa declaração e com a DIRF 2020 não poderia ser diferente. Por existir datas para isso, é preciso se planejar com antecedência. Até a publicação desse  texto nenhuma data tinha estabelecida para esse ano.

✓ Saiba qual é o valor para declarar Imposto de Renda 2020!

Mas para que você possa ter uma base para esses prazos, veja os últimos já estabelecidos, feitas através do Programa Gerador de Declarações:

  • Prazo de entrega: dia 15 de fevereiro até às 23h59min59s;
  • Prazo estendido: dia 28 de fevereiro até às 23h59min59s.

Fique atento, pois nem sempre esses prazos são estendidos!


Programa gerador DIRF 2020

Para estar realizando essas declarações, é preciso que você faça a instalação do Programa Gerador de Declarações em seu computador. O seu download é gratuito e é feito através do site da Receita Federal. Ainda não sabe como fazer duas declarações? Confira:

  • Selecione a opção do ‘Programa Gerador da Declaração’;
  • Escolha-o conforme o seu sistema operacional e o instale;
  • Em seguida, abra o aplicativo e selecione a opção ’Nova declaração’;
  • Após ser redirecionado, escolha o tipo tipo de declaração jurídica;
  • Por fim, faça a declaração de suas informações até encerrar.

Dica: selecione todos os documentos necessários para a declaração. Embora não seja um procedimento complicado, são muitos dados e números a serem descritos. Evitando conter erros em sua DIRF 2020, você não cai na malha fina e evita futuras complicações com o leão.

Avalie este conteúdo!

Avaliação média: 5
Total de Votos: 1

DIRF 2020: O que é? Quem Deve Entregar, Prazos e Programa

Leave a Reply